Categorias
Atualizações

Parte de prédio em construção abandonado desaba em Sorocaba

Segundo informações da Defesa Civil de Sorocaba, um homem foi socorrido e levado ao Hospital Regional, com fratura

Parte de um prédio particular em construção, situado na rua Laura Norma de Araújo Barbosa, no bairro Ipatinga, desabou na madrugada deste domingo (14), em Sorocaba (SP). A ocorrência foi atendida pelo Corpo de Bombeiros e pela Defesa Civil.

Segundo informações da prefeitura de Sorocaba, a construção era utilizada como abrigo por dois moradores de rua. Um deles, assustado com o ocorrido, correu e não foi localizado. Ja o outro morador de rua foi socorrido pelo corpo de bombeiros e levado a um Hospital da cidade, coma fratura.

Uma retroescavadeira foi utilizada para remoção dos entulhos. O prédio foi interditado pela defesa Civil, assim como uma residência localizada aos fundos do prédio, que por questão de segurança também teve que ser interditado.

Ainda de acordo com a Defesa Civil, análises preliminares, indicam que o possível motivo do desabamento é a construção que está irregular. O local continuará sendo monitorado por equipes da Defesa Civil.

O caso será enviado ao Setor de Fiscalização da Prefeitura de Sorocaba, que notificará o proprietário do prédio. (Com informações da prefeitura de Sorocaba).

O post Parte de prédio em construção abandonado desaba em Sorocaba apareceu primeiro em Sorocaba em foco.

Categorias
Atualizações

Homem é preso em flagrante durante tentativa de furto no CEI-52 em Sorocaba

Um homem foi preso em flagrante pela Guarda Civil Municipal de Sorocaba ao tentar furtar objetos do Centro de Educação Infantil (CEI-52), localizado no bairro Vila Melges, na zona Norte de Sorocaba.

Durante um patrulhamento de rotina da GCM, com o objetivo de garantir a preservação dos próprios órgãos públicos municipais, uma equipe foi acionada pelo Centro de Operações, em razão do disparo do alarme do CEI-52.

Uma equipe se deslocou até o local, onde os guardas municipais encontraram um homem no interior do prédio, o homem ja havia separado alguns itens que ele pretendia levar. 

Após ser preso em flagrante, ele foi encaminhado ao Plantão Policial Norte para serem tomadas as devidas providências. (Com informações da Secom/Sorocaba)

O post Homem é preso em flagrante durante tentativa de furto no CEI-52 em Sorocaba apareceu primeiro em Sorocaba em foco.

Categorias
Atualizações

Homem é detido com 202 cartões magnéticos no centro de Sorocaba

Um homem foi detido pela Polícia Militar na tarde do último sábado (13), no centro de Sorocaba. Com ele, foram encontrados 202 cartões magnéticos.

Segundo informações da polícia militar, o homem foi visto no interior de uma agência bancária, localizada na rua Quinze de Novembro, em atitude suspeita.

Algumas pessoas desconfiaram da atitude do homem dentro do banco, que aparentava estar nervoso e avisaram uma viatura da polícia, que passava pelas proximidades, e relataram o fato.

Após patrulhamento na região, os policiais conceguiram encontrar o suspeito, que foi detido em posse de 202 cartões magnéticos, sem informações, e uma bolsa preta.

Os policiais então perguntaram para o homem sobre a origem dos cartões magnéticos, o homem disse que é morador da capital paulista e que ganharia a quantia de R$100 por cada cartão validado.

Ele foi detido e levado ao plantão policial norte, onde a ocorrência foi registrada. Em seguida, ele foi liberado.

O post Homem é detido com 202 cartões magnéticos no centro de Sorocaba apareceu primeiro em Sorocaba em foco.

Categorias
Atualizações

COMO OTIMIZAR O PROCESSO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO?

Embora o processo de recrutamento e seleção deva acontecer com maior dinamismo para o preenchimento da vagas de emprego disponíveis, o profissional responsável precisa se atentar a inúmeros fatores para que o contratado possa atender as expectativas da organização.

Para otimizar o processo de recrutamento e seleção, o departamento de RH deve seguir algumas condutas, tanto para uma maior eficiência de sua rotina, como também para o sucesso da empresa,

Pois ele depende diretamente da competência dos profissionais selecionados pelo RH estratégico.

Acompanhe conosco!

6 Práticas de otimização do processo de recrutamento e seleção

Certamente que a metodologia utilizada no processo de recrutamento e seleção vai definir o sucesso do trabalho do departamento de Recursos Humanos.

Possivelmente, ao seguir as dicas abaixo, esse objetivo terá mais chances de ser alcançado.

1.  Saber o que espera de um candidato

Quando o responsável pelo recrutamento e seleção sabe exatamente quais características e competências que um candidato deve apresentar, a probabilidade de acerto na contratação cresce bastante.

Para isso, devem ser levados em consideração pelo recrutador:

  • A exata descrição do cargo;
  •  Competências habilidades fundamentais para atuar no cargo oferecido.

É muito importante que o RH esteja alinhado com os interesses e expectativas dos gestores responsáveis pela vaga disponível.

2.  Faça a divulgação correta do que é agregado à vaga ofertada

Tendo em mente o perfil do candidato que a empresa procura, é preciso deixar claro o que será oferecido à ele, ou seja:

  • Definir a hierarquia do cargo, se é a nível de assistente, júnior, pleno ou sênior;
  • Atividades a serem executadas;
  • Salários e benefícios, se existirem, quais são, vale alimentação, plano de saúde?
  • Qual é a carga horária do trabalho?
  • Deve ter disponibilidade para viajar?

Essas são apenas algumas informações que o recrutador deve informar de maneira bem clara no processo de recrutamento e seleção.

Desse modo, são evitados possíveis falhas na comunicação e ainda é possível fazer uma triagem dos candidatos que atendam às necessidades da empresa.

3.  Padronize o processo de recrutamento e seleção

Definir a metodologia utilizada para a contratação, bem como as etapas do processo de recrutamento e seleção é muito importante.

Para que a empresa possa ser imparcial e conte com a agilidade no preenchimento da vaga, o departamento de RH pode estipular as seguintes atividades:

  • Dinâmicas de grupo;
  • Avaliações individuais;
  • Testes de habilidade;
  •  Entrevista.

4.  Procure indicações dentro da empresa

Antes de divulgar a vaga externamente, faça a divulgação interna na empresa.

É bem provável que existam talentos que estejam aptos para mudar de cargo e desempenhar funções condizentes com sua formação ou interesse.

Claro que o processo de recrutamento e seleção deve ser respeitado, porém, esse profissional tem uma vantagem, o fato de já conhecer a cultura da empresa e saber o que os gestores esperam de seus profissionais.

5.  Faça uso da tecnologia

Uma grande aliada na otimização do recrutamento e seleção de candidatos, é a tecnologia, varias agências de empregos ja não recebem mais currículo impresso, aumentando a organização por meio de ferramentas como:

  • Recebimento de currículos;
  • Agendamento de entrevistas;
  • Envio de feedback;
  • Avaliação e anotação de informações sobre o desenvolvimento do candidato nas atividades propostas;
  • Solução de possíveis dúvidas.

6.  Banco de dados atualizado

Outra grande vantagem da tecnologia é o armazenamento digital do banco de dados.

Assim, é recomendável que haja um arquivo em que serão armazenadas informações acerca de seus colaboradores, bem como sua evolução nos cargos, que ajudará a otimização do processo de recrutamento e seleção.

Logo, é feita uma análise mais criteriosa do perfil de cada profissional, bem como seus pontos fortes e aqueles que precisam ser mudados.

Essa avaliação é de fundamental importância para uma possível promoção ou ainda contratar um novo profissional para integrar sua equipe.

Conclusão

O processo de recrutamento e seleção é o primeiro passo para a história de sucesso de qualquer empresa.

É nesse momento que será escolhido um novo integrante para o grupo que deve ter em comum o mesmo objetivo, contribuir para o desenvolvimento e sucesso da empresa.

Sendo assim, é essencial que o recrutador esteja apto para fazer uma boa escolha e assim evitar transtornos futuros para a organização.

O post COMO OTIMIZAR O PROCESSO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO? apareceu primeiro em Sorocaba em foco.

Categorias
Atualizações

Como lidar com a abstinência?

Saber como lidar com a abstinência é importante para quem é dependente químico ou tem alguém assim na família. A abstinência é um problema muito sério e que pode, além de encaminhar a pessoa para a recaída, ainda pode causar problemas seríssimos no organismo, tanto do ponto de vista físico, quanto mental (saiba mais neste artigo do blog Viver Sem Drogas).

Atualmente, só na Cracolândia de São Paulo, são 56 mil pessoas recebendo tratamento contínuo de saúde (muitos outros que não recebem esse tratamento). Isso considerando apenas uma região da cidade. Se levarmos em consideração o país inteiro, o número é muito maior. Conforme aponta pesquisa da Fiocruz, o número de pessoas que consome alguma substância química regularmente é de algumas dezenas de milhões atualmente.

Com tanta normalização do consumo de drogas na nossa sociedade, fica muito difícil para os dependentes evitarem a recaída. Quer aprender como lidar com a abstinência? Vamos ver a seguir!

O que é a abstinência?

A abstinência é um processo do corpo humano em que ele sente falta da substância química a qual ficou dependente. É um processo que ocorre com todo dependente químico quando começa a passar pela reabilitação ou quando fica um tempo sem usar a droga na qual é dependente. Por isso, é também o maior obstáculo para quem tenta se livrar da dependência química, que tem cura.

A abstinência nasce justamente do mecanismo que causa a dependência química. O que acontece é mais ou menos o seguinte, explicando de forma bem superficial:

O cérebro humano conta com um mecanismo de recompensa para poder direcionar o nosso desenvolvimento da melhor forma possível. Por exemplo, quando fazemos coisas que são positivas para nossa vida, recebemos uma dose de hormônios positivos.

De certa forma, é como o adestramento de animais como cachorro e gato: sempre que eles fazem a ação desejada, ganham um biscoitinho. Eventualmente, aprendem o comando e repetem sem problemas. Isso, claro, explicando de forma bem superficial sobre o assunto.

O que acontece é que as substâncias químicas psicoativas, como o café, o álcool, a maconha, cocaína, heroína e outras, são capazes de burlar esse sistema. Na verdade, elas alteram os parâmetros do sistema e causam dependência.

Isso porque elas ativam o sistema de recompensas para liberar hormônios de prazer no nosso corpo. No entanto, elas também vão destruindo a sensibilidade para sentir esses hormônios. Assim, a cada dose, precisamos de uma quantidade maior de hormônios. Isso vicia o organismo que, sem conseguir sentir os hormônios de prazer, acaba indo atrás de mais doses e em intervalos cada vez menores.

Quando o organismo fica sem a substância por tempo suficiente, ele entra em um tipo de choque, que é a abstinência. Ela tem sintomas mentais e físicos e oferece um risco concreto não só de recaída, como de segurança mesmo. Por isso é um desafio tão grande lidar com ela.

Quais são os seus sintomas?

A abstinência pode acontecer em duas formas diferentes. A primeira delas é a SAA (Síndrome de Abstinência Aguda), que ocorre no momento mais recente da abstenção do uso de drogas, normalmente logo nos primeiros dias sem a substância que causa dependência. Já a segunda é a SAD (Síndrome de Abstinência Demorado), que ocorre em intervalos de tempo depois que o corpo já foi desintoxicado da substância. É algo relativamente comum em quem está em tratamento e pode ocorrer em intervalos de dias, meses ou anos.

Existem muitos sintomas da abstinência, cuja intensidade varia de acordo com cada crise. O padrão é que as crises fiquem mais intensas conforme se aumenta o tempo sem a substância química (no caso da SAA, pelo menos), mas não há uma regra de como acontecerá com cada pessoa. Os sintomas físicos mais comuns são:

  • sudorese;
  • dores no corpo;
  • náuseas;
  • pupilas dilatadas;
  • taquicardia;
  • vômitos;
  • diarreia;
  • tremores;
  • hipertensão;
  • febre;
  • convulsão (nos casos mais intensos).

É importante ter em mente que a convulsão pode causar problemas sérios, dependendo do contexto. Por isso é importante ter o apoio de uma equipe médica nos momentos de desintoxicação para poder lidar com isso. 

Além desses sintomas físicos, existem alguns sintomas comportamentais, que afetam a maneira como a pessoa se comporta. São eles:

  • ansiedade;
  • irracionalidade;
  • irritabilidade;
  • insônia;
  • oscilações de humor.

Por fim, existem também alguns sintomas de ordem psicológica, tanto em situações de crises agudas, quanto de crises demoradas. Esses problemas podem causar recaídas, mas também danos sérios à saúde da pessoa. Por isso é importante ter acompanhamento psicológico no período de recuperação. Veja alguns sintomas:

  • depressão;
  • alucinações;
  • ataques de pânico;
  • confusão mental.

Como lidar com a abstinência?

A abstinência é um problema sério e não deve ser negligenciado. O primeiro passo é reconhecer os sintomas e entender como tratá-los. No caso de SAA, o ideal é deixar a pessoa dependente sob observação em uma clínica especializada no assunto, para poder lidar com a situação da melhor forma.

Já no caso da SAD, o ideal é ter um acompanhamento de um psicólogo especializado no assunto, para que ele possa passar uma série de ações a realizar nos momentos de crise.

Agora que você já viu como lidar com a abstinência, quais são os sintomas desse problema e outras informações úteis, pode colocar tudo isso em prática para tentar ultrapassar esse momento tão crítico da recuperação contra a dependência química. O momento de abstinência é crítico para quem se desintoxicar e tentar superar o seu vício em qualquer substância que seja.

Gostou do conteúdo? Comente abaixo com a sua opinião!

O post Como lidar com a abstinência? apareceu primeiro em Sorocaba em foco.

Categorias
Atualizações

É correto perguntar sobre o salário em uma entrevista de emprego?

Salários, benefícios flexíveis, localização, horários são alguns dos grandes atrativos para os talentos em busca de emprego, não é mesmo?

Na busca por novas posições, diversos são os pontos de atenção dos futuros colaboradores, desde elaboração de currículo, preparação para entrevistas, postura para conversas, entre outros.

Uma das grandes dúvidas que surgem nos talentos é sobre o ponto salarial: é correto perguntar sobre salário e abrir esse debate em uma entrevista de emprego? Para te ajudar com esses questionamentos, confira um pouco mais sobre o tema!

Salário na entrevista: perguntar ou não perguntar?

Não podemos negar que o salário é um dos grandes atrativos das vagas, mas nem sempre eles são abertos nos primeiros passos dos processos seletivos. Essa falta de informação pode deixar o indivíduo inseguro, não é mesmo?

Saber sobre informações salariais é importante para que os talentos entendam se o processo faz sentido ou não e para que resolvam se vale a pena dar prosseguimento. Ao seguir em processos sem muitas informações, o futuro pode ser frustrante para indivíduos e empresas.

Sendo assim, é importante abordar esse tema, porém é preciso ter muito cuidado sobre a forma que ele é levantado. 

Há quem vá direto ao ponto já no primeiro contato telefônico ou por e-mail sobre questões monetárias. Esse não é o momento correto para isso e é preciso tomar muita atenção para “não queimar a largada”.

Perguntar tão cedo pode prejudicar sua reputação e até mesmo te fazer perder uma boa oportunidade. No primeiro momento, é importante demonstrar interesse pela empresa e pela posição e não apenas pelo salário em si.

Portanto, se isso não for abordado no primeiro contato, decida se seguirá com a entrevista de acordo com a vaga e seu perfil para ela e para a empresa.

Antes mesmo de ir para a entrevista, é importante se preparar. Isso inclui pesquisar sobre a empresa, conhecer um pouco sua atuação, reputação e outros. É natural que sites de vagas e RH tenham informações sobre empresas, cargos e salários e elas podem ser um primeiro indício sobre questões monetárias da empresa.

No momento da entrevista, mesmo que pareça um tabu, esse assunto já é mais falado do que muitos anos atrás. A questão não é exatamente sobre o tópico, mas sim como ele é abordado.

Não é sobre chegar na entrevista e já falar sobre salário, mas sim esperar o momento certo caso esse assunto não seja abordado pelos gestores e RH presentes no processo seletivo.

Como falar sobre salário?

Já que você sabe que perguntar sobre salário não é um grande problema, é preciso se atentar sobre como fazer esse questionamento. É preciso ter tato para escolher o momento apropriado para levantar essa questão.

As entrevistas servem para trocas, ou seja, a empresa fala um pouco sobre ela e o talento sobre suas qualificações. Foque em falar de você, suas qualidades, cursos, técnicas e conhecimentos.

Demonstre interesse sobre o cargo, a organização e faça perguntas pertinentes para abrir o caminho para falar sobre salário. Esse assunto pode surgir de maneira natural no processo, mas caso não ocorra, é válido falar sobre o salário último emprego, por exemplo. Com base nele, o recrutador terá uma noção de sua pretensão salarial.

Pode ser interessante também citar seu objetivo financeiro e deixar claro se está disposto a negociar.

Mais do que só tocar nesse assunto sem parar, é preciso estar atento aos sinais. Se ao falar de valores, o recrutador não dá muitos indícios e busca trocar de assuntos, é importante esperar um pouco mais para não cometer gafes, faz sentido?

Lembre-se que o salário é um ponto importante, mas ele não é o único benefício recebido pelo colaborador e não pode ser o único foco das pessoas ao buscar suas vagas.

É importante levar em conta diversos aspectos das vagas e entender as vantagens que elas podem te proporcionar. Falar sobre salário é importante, mas não pode ser o tópico principal das entrevistas e das buscas.

Entender os processos, acompanhar as informações e ter tato para levantar sobre esse assunto é essencial para que ele seja inserido de forma leve e tranquila para os talentos e gestores.

Pese todos os valores para analisar a vaga e decidir se segue ou não com o processo seletivo. Aproveite que agora você sabe um pouco mais sobre o tema e coloque esse tópico em suas preparações para entrevistas! 

O post É correto perguntar sobre o salário em uma entrevista de emprego? apareceu primeiro em Sorocaba em foco.

Categorias
Atualizações

Paralisia facial: você sabe o que é e como tratar?

O corpo humano pode sofrer com uma série de distúrbios, que envolvem tanto a saúde física, como saúde mental e bucal. Um desses distúrbios é a chamada paralisia facial.

Esse problema acontece quando metade dos músculos da face enfraquece e paralisa. Essa disfunção pode acontecer de repente, às vezes sem causa aparente e pode deixar sequelas.

Algumas das relações que podem ser estabelecidas segundo os profissionais da saúde, como dentistas de convênio dental, é o impacto em outros aspectos do corpo, como a saúde bucal e níveis de estresse e ansiedade do paciente.

Por esse motivo, o presente artigo terá como objetivo a abordagem das possíveis causas da paralisia facial e os possíveis tratamentos que podem ser feitos para que os sintomas sejam tratados.

Entendendo a paralisia facial

O cérebro é composto por doze nervos específicos, sendo um deles o nervo facial. Este nervo é composto por toda a musculatura mímica facial, o que significa que as expressões se tornam possíveis por conta do movimento dessa musculatura.

Além disso, os nervos também são responsáveis pelo controle de:

  • Olhos;
  • Bocas;
  • Orelhas;
  • Bochechas.

São dois nervos faciais, sendo um para cada lado do rosto, sendo que quando um deles fica enfraquecido, ou sofre algum problema, o rosto sofre com a paralisia.

Esse tipo de paralisação também é chamada de paralisia de Bell e pode ser confundido com os sintomas do AVC (Acidente Vascular Cerebral), entretanto, são patologias diferentes.

Segundo alguns médicos generalistas, a paralisia ocorre quando há a inflamação do nervo da face, enquanto o AVC decorre de uma lesão cerebral que comanda os nervos do rosto.

Para o diagnóstico correto são necessários exames específicos, de modo a confirmar o quadro.

Afinal, assim como os dentistas de convênios odontológicos devem ser procurados para avaliação de cáries e outros problemas, o acompanhamento profissional adequado é crucial para o devido tratamento da paralisia.

Causas da paralisia facial

Há muitas causas que podem originar a paralisia facial. Além disso, em alguns casos ela pode nem ser identificada.

Algumas das causas possíveis são: inflamação do nervo causada ou por bactéria ou por vírus; herpes; rubéola; ou gripe.

Outras causas que também podem contribuir para o aparecimento da paralisia são o estresse, mudanças bruscas de temperatura, distúrbios da glândula parótida, otite, tumores e traumas.

Tratamento para a paralisia facial

Agora que conhecemos melhor sobre o que é a paralisia facial e suas causas, entenderemos sobre os possíveis tratamentos.

A paralisia de Bell não possui tratamento específico, principalmente por não possuir uma causa rastreável.

Desta maneira, cada profissional médico poderá indicar tratamentos, sendo tanto o otorrinolaringologista como o médico do convênio odontológico.

Alguns médicos optam pela administração de corticosteróides.

Em pacientes que a paralisia se tornou grave, além da aplicação desse tipo de medicamento, podem optar pela massagem de músculos da face e a estimulação dos nervos.

A estimulação evita que os músculos da face sofram contraturas. Caso a paralisia permaneça por mais meses, pode acontecer da necessidade de realização de um enxerto de nervo (geralmente usando um nervo da língua) no músculo facial que está paralisado.

Quem sofre com a paralisia pode ver os sintomas desaparecerem de dois a seis meses, em grande parte dos casos, muitos deles, sem nenhum tratamento.

Por isso, ao sentir o nervo paralisar, procure o médico, pois ele indicará se haverá necessidade de aplicação de medicamentos, massagem de músculos, ou apenas diminuir o ritmo das rotinas, bem como identificar qual o quadro correto.

A paralisia facial e a odontologia

A especialidade médica que é responsável para o tratamento da paralisia facial é a otorrinolaringologia, porém, com esse profissional há o acompanhamento de um fisioterapeuta e um fonoaudiológo.

Entretanto, cirurgiões dentistas também podem fazer a identificação, indicando e encaminhando a outros profissionais. Além disso, podem indicar tratamentos diversos como a laserterapia, que ajuda na recuperação dos movimentos do rosto.

As consultas regulares ao dentista de seu plano odontológico são fundamentais para a garantia da saúde bucal e também para evitar a paralisia do rosto.

Isso acontece porque os tratamentos preventivos realizados pelo profissional evitam inflamações orais que possuem aproximação com o nervo facial, que poderiam apresentar riscos.

Além da consulta regular aos dentistas, é de grande necessidade manter a higienização dos dentes de forma cotidiana, sendo feito sempre três vezes ao dia após as principais refeições.

O uso do fio dental e enxaguante com flúor também são de muita ajuda para o fortalecimento da saúde bucal e a prevenção da inflamação do nervo facial.

Deste modo, entendemos que a paralisia facial é um distúrbio que ocorre no rosto e é causado por uma inflamação do nervo facial.

Suas causas nem sempre são identificadas e o melhor tratamento é manter boa saúde bucal, injeções de medicamentos e acompanhamento com outros profissionais.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Ideal Odonto, empresa especializada em planos odontológicos com atendimento acessível para devolver o sorriso dos pacientes.

O post Paralisia facial: você sabe o que é e como tratar? apareceu primeiro em Sorocaba em foco.

Categorias
Atualizações

Mulher é detida com uma arma na cintura dentro de bar na zona norte de Sorocaba

Uma mulher, cuja identidade não foi revelada, foi detida pela Polícia Militar na madrugada deste domingo (7) com uma arma carregada na cintura. A mulher estava dentro de um bar, localizado no bairro Vila Helena, zona norte de Sorocaba.

Segundo informações Polícia Militar, uma equipe fazia patrulhamento pelas ruas do bairro, quando, os policiais viram uma mulher sentada na mesa do lado de fora do comércio correr para dentro do bar ao ver a viatura se aproximando.

Os policiais rapidamente foram até o interior do bar, fizeram vistoria no local e encontraram uma pistola 9 mm, arma de uso restrito da policia, com dez munições intactas na cintura de uma mulher. Indagada pelos policiais, ela disse à equipe da PM que na casa dela havia mais munições. Os policiais foram até o local e encontraram mais 20 munições escondidas.

A mulher foi levada à delegacia, onde ficou presa por porte ilegal de arma de fogo.

O post Mulher é detida com uma arma na cintura dentro de bar na zona norte de Sorocaba apareceu primeiro em Sorocaba em foco.

Categorias
Atualizações

GFT Brasil oferece mais de 300 vagas de emprego

A empresa de tecnologia GFT está com mais de 300 vagas abertas para diversos cargos, e em varias cidades.

As vagas são para pessoas que tenham interesse em trabalhar no modelo de home office e nos escritórios de várias cidades, entre elas Sorocaba, Alphaville, São Paulo, Curitiba e no Paraná.

Leia também: IHARABRAS está com diversas vagas de emprego para Sorocaba

A empresa GFT, promove o desenvolvimento profissional do colaborador, tanto dentro quanto fora do escritório. Neste sentido, busca integrar à sua equipe novos talentos que compartilhem seus valores e desejem trabalhar em projetos globais, adquirindo uma nova perspectiva sobre o mundo da tecnologia da informação.

Áreas de atuação

Serão disponibilizados vagas para diversos segmentos e setores de atuação, sendo varias vagas para trabalhar no regime home office.

As vagas de emprego são para as seguintes posições:

  • Cloud developer
  • Desenvolvedor Java
  • Cientista de dados
  • Engenheiro de dados
  • Desenvolvedor .NET
  • Analista de segurança na informação
  • Product owner
  • PMO, infraestrutura
  • Analista de suporte de aplicações Java
  • Desenvolver Android
  • Cloud azure, arquitetura Java
  • Desenvolvedor angular
  • Desenvolvedor front end

De acordo com a empresa, das 300 vagas abertas, aproximadamente, 230 são para atuar no modelo de home office, ou seja, o colaborador trabalhara de sua propria casa, precisando apenas de um computador com acesso a internet.

Como concorrer a uma das vagas de emprego na GFT?

As pessoas interessadas em se candidatar em uma das vagas de emprego disponíveis na GFT tecnologia, podem cadastrar o currículo diretamente pelo site da empresa, que disponibiliza uma página para cadastro de currículo. Basta CLICAR AQUI e será redirecionado para o site da empresa para efetuar o cadastro do currículo.  

Os salários oferecidos variam de acordo com o cargo desejado, mas a empresa oferece pacote de benefícios, plano personalizado para desenvolvimento profissional, programas de treinamentos, certificações técnicas e horário de trabalho flexível para todos os colaboradores. (Com informações de Notícias Concursos).

O post GFT Brasil oferece mais de 300 vagas de emprego apareceu primeiro em Sorocaba em foco.

Categorias
Atualizações

Feira da barganha Sorocaba: Um lugar onde todo Sorocabano deve conhecer

A feira da Barganha de Sorocaba é um lugar que não pode ficar de fora do seu roteiro de passeios pela cidade.

Com mais de 40 anos de existência, a feira da barganha já é considera um patrimônio cultural imaterial de Sorocaba.

Além disso, a feira da barganha garante a diversão e as boas transações comerciais, a feira representa parte da história da cidade.

Oficializada em 18 de julho de 1978, ela começou com pequenas trocas na época dos tropeiros muito antes dessa data, na ocasião os encontros eram conhecidos como “Feira de Muares”.

Atualmente, é um evento semanal que acontece aos domingos, no horário das 08h00 às 13h30, e conta com mais de 350 barganheiros/comercientes, que fazem a festa e garantem a animação de quem passa por ali.

Você poderá também fazer bons negócios, pois, é possível encontrar todos os tipos de mercadorias, inclusive antiguidades.  

Gostaria de obter mais informações sobre a feira da barganha de Sorocaba?  Não deixe de ler o texto abaixo com bastante atenção.

Feira da Barganha de Sorocaba: o que você vai encontrar lá

A feira da barganha de Sorocaba ao longo de sua história mantém um público fiel em suas transações e visitas.

O passeio na feira é praticamente uma obrigatoriedade aos domingos, ja que no local varias pessoas se encontram, bom para rever os amigos, porém, se está precisando de algo, com certeza na feira da barganha tem.

Além de ser o ponto de encontro de quem quer barganhar, beber uma cerveja gelada comendo aquele tira gosto e jogar conversa fora em um ambiente totalmente familiar.

A tradicional feira da barganha de Sorocaba é considerada um evento folclórico, uma vez que o evento começou com o encontro dos tropeiros há muitos anos.

Ela é o local preferido de quem gosta de misturar transações comerciais e muita diversão.

Sua rotina animada encanta quem passa pelo local. O que faz com que ele se torne um ponto de encontro.

A manutenção da feira se dá por meio da Associação dos Barganheiros de Sorocaba (ABS) que organiza toda a realização do evento semanalmente.

Os associados precisam respeitar as regras para terem direito ao espaço de comercialização.

Além disso, eles devem pagar uma taxa regularmente, Chegar mais cedo é uma forma de conseguir o melhor lugar para expor seus produtos.

Embora, a barganha não seja mais a única forma de transação comercial, ela ainda existe e pode ser bastante lucrativa para quem se dispõe a fazer.

Na feira é possível encontrar os mais variados produtos novos, usados e até antiguidades, conte com excentricidade.

Além disso, todos os nichos de mercado são atendidos, uma vez que, há comercialização de itens pessoais, higiene, decoração, móveis, livros, brinquedos e muito mais.

A Feira da barganha de Sorocaba é um lugar tão apreciado, que mesmo em dias de chuva, suas atividades continuam.

A estimativa é que pelo menos 5 mil pessoas circulem pelo espaço todos os domingos e saiam de lá com o lucro ou com a diversão garantida.

Regras para quem deseja se tornar um barganheiro dentro da feira

Em mais de 4 décadas de funcionamento,  a feira já passou por vários pontos, sempre visando a melhor adequação  para os barganheiros e consumidores.

Não basta apenas pegar suas mercadorias para vender ou trocar e ir à feira ocupar um lugar.

A entrada é livre apenas para os visitantes. Os comerciantes devem ser associados e seguir as exigências municipais.

São elas:

  • Ser cadastrado na Secretaria da Cidadania.
  • Não comercializar armas de fogo ou armas brancas.
  • Não Comercializar materiais pornográficos.
  • Respeitar a regra de não vender qualquer tipo de produto na área do estacionamento.
  • Entrar com animais.

Feira da Barganha de Sorocaba: um lugar de diversidade extrema

A diversidade é encontrada na Feira de Barganha de Sorocaba. 

Embora a barganha tenha sido o motivo principal do surgimento da feira, essa não é mais a principal transação econômica do lugar.

As atividades foram desenvolvidas comerciais tinham como base a barganha, ou seja, a troca comercial de produtos novos e usados.

Aos poucos, foi chegando comerciantes com os produtos conhecidos como “made in China”.

Os encontros comerciais foram incrementados pela amizade e bate papo. Sendo assim, a cada encontro foi aumentando o número de participantes.

Mesmo com a mudança frequente dos pontos de venda, a Feira da barganha nunca perdeu seus comerciantes fiéis.

Não é raro encontrar relatos de pais de famílias que sustentaram seus filhos vendendo suas mercadorias novas ou usadas na feira.

Muitos começaram com apenas o desejo de fazer uma simples barganha de algum item que estava em casa sem serventia.

O objetivo era levar outro para casa que pudesse atender algum tipo de necessidade naquele momento.

Atualmente, a feira perdeu um pouco de sua principal característica de barganha, focando mais nas transações comerciais de compra e venda.

Embora ainda seja possível encontrar barganheiros, produtos novos e usados para serem comercializados são encontrados no local.

Abertas à todos os públicos, quem frequenta garante que é um dos melhores lugares de passeios no divertidos de Sorocaba.

Portanto, se você morador ou visitante em Sorocaba e ainda não foi à feira, não pode perder essa oportunidade.

A dica para fazer bons negócios é buscar informações se aquele feirante está sempre na feira.

Mesmo com fiscalização rigorosa, é possível que criminosos se infiltrem para cometer fraudes.

Feira da Barganha de Sorocaba: patrimônio cultural e imaterial

 A feira com mais de 40 anos de existência ganhou notoriedade e entrou para a lista de patrimônio cultural imaterial de Sorocaba.

De autoria do então Vereador Rodrigo Manga (DEM), o Projeto de Lei de nº16/ 2019, transformou-se no projeto de Lei 12.019/2019.

A justificativa é que as atividades da Feira perduraram por mais de 40 anos começando na época dos tropeiros e atualmente é um evento marcante para todos os moradores e turistas de Sorocaba.

Quando as atividades começaram, o encontro aos domingos era denominado como feira de muares.

Um local onde as pessoas se reuniam para trocar mercadorias, ou seja, fazer as famosas barganhas que deram origem ao tradicional nome da Feira.

Embora atualmente essa atividade não seja mais a principal da feira, foi por meio dela que a atividade começo.

Portanto, não há como negar sua influência na construção da história e na valorização desse tradicional ponto de encontro.

Portanto, até hoje é comum as  pessoas levarem os objetos mais exóticos que existem para barganhar.

Rodas de carrinho, portas usadas, enxadas, rádios antigos, LP’s, ferramentas, antiguidades e tudo o que sua imaginação mandar.

Além das excentricidades, mercadorias novas dos mais variados tipos, nacionais e importadas.

Sem contar que a feira é o ponto de encontro também para quem quer experimentar as mais variadas comidas, com pratos típicos artesanais, carnes, doces e bebidas.  

O ambiente, as músicas, os alimentos, a barganha e as compras fazem da feira um vento semanal tradicional.

Quem vai uma vez ao local, quer voltar sempre e acaba se tornando adepto. Todos esses motivos embasaram a lei.

Hoje, a feira de barganha de Sorocaba é considerada patrimôniocultural imaterial, além do lazer, ela é a fonte de renda de centenas de pessoas.

Feira da Barganha de Sorocaba: perigo à vista

Alguns comerciantes já estão há mais de 20 anos como comerciantes e não abrem mão de ir todos os domingos à feira.

Além dos lucros, o encontro com os amigos e a interação com os visitantes transformam os domingos em dia muito mais que especial.

Com o lucro obtido, seja por barganha de produtos novos ou usados ou pelo comércio tradicional, a realização do sonho da casa própria, custeio de estudos dos filhos, entre outros desejos, se tornou possível.

Um projeto de revitalização da feira em 2019 deixou os barguanheiros em situação complicada.

O objetivo do projeto é trazer melhorias para o espaço da feira, mas a proposta de mais uma vez mudar a feira de lugar não agradou os comerciantes.

Em sua história, a feira já funcionou em vários lugares. Em algumas épocas, ela não tinha um lugar fixo.

A proposta de revitalização, aparentemente traria melhorias, mas sem os devidos esclarecimentos, o assunto se tornou motivo de audiência pública.

Na ocasião não houve participação de representantes da prefeitura, o que contribui para maior insatisfação dos associados e apreciados da Feira da barganha de Sorocaba. O projeto está paralisado.

Feira da barganha na pandemia

A justiça expediu uma liminar que proibiu a reabertura da feira da barganha em Sorocaba, a reabertura estava prevista para acontecer no dia 07 de junho de 2.020.

Na época, a prefeitura de Sorocaba havia anunciado que iria liberar a reabertura da feira da barganha, depois de ter assinado um acordo com a Associação dos Barganheiros, mas o Ministerio Publico entrou com ação contrariando a decisão.

Segundo a promotora Cristina Palma, o decreto do estado de São Paulo, não permite a reabertura de parques, que é o caso da feira da barganha, que fica localizada no horto florestal.

A parte interna da feira da barganha só foi reaberta no dia 06 de setembro de 2020.

Conclusão

Se você ainda não conhece a feira da barganha de Sorocaba está perdendo uma grande oportunidade de fazer compras e se divertir.

O local é amplo e seguro ideal para passeios com a família no domingo pela manhã. Se você ainda não foi, corra para aproveitar o melhor evento semanal de Sorocaba.

O post Feira da barganha Sorocaba: Um lugar onde todo Sorocabano deve conhecer apareceu primeiro em Sorocaba em foco.