Categorias
Atualizações

Hidromel: o que é e qual a origem da bebida?

Você sabia que o mel fermenta e você pode fazer uma bebida alcoólica? Descubra a história do hidromel, a famosa bebida Viking.

Se você assistiu os Vikings você provavelmente já viu os personagens que bebem essa famosa bebida, o hidromel. Na verdade, esta é considerada por muitos a bebida dos vikings.

Não apenas foi milenar, mas também foi a bebida mais consumida na cultura nórdica. Em contraste, no entanto, é considerada a tendência mais recente no Brasil.

O hidromel é considerada uma bebida alcoólica que é fermentada à base de mel e água. Na verdade, geralmente consiste em uma parte de mel e duas partes de água.

VEJA TAMBÉM: 4 receitas de drinks fáceis para você fazer em casa

Basicamente, sua cor é mais clara e possui uma graduação alcoólica em torno de 12. Ele também tem uma aparência semelhante a um vinho branco.

Em geral, o hidromel é feito convertendo o açúcar do mel em álcool. Por ser uma bebida fermentada, também é conhecido como vinho de mel. Até porque o vinho também é um produto da fermentação. A diferença, porém, é que o vinho é feito por meio da fermentação da uva.

A origem do hidromel

FOTO: Pexels

Em geral, o hidromel não contém nenhuma originalidade fixa. Em outras palavras, não se sabe exatamente onde ele apareceu. No entanto, alguns estudiosos afirmam que Aristeus foi responsável pelo desenvolvimento da primeira formula do tão conhecido hidromel.

Destacam-se também as culturas dos celtas, dos saxões e, como já disse, dos vikings como grandes divulgadores da bebida. Mesmo entre eles, havia uma tradição de que os recém-casados ​​deviam consumir o hidromel durante o primeiro ciclo lunar após o casamento. Assim, nasceria uma criança do sexo masculino.

 Também é importante notar que é daí que vem o termo lua de mel, que é quando os recém casados tem sua tão sonhada noite de núpcias.

Técnica de fabricação do hidromel

Foto: Pixabay

 A fabricação do hidromel começa quando a abelha dá a colheita do mel. O mel, portanto, é colhido quando maduro e pode ter um teor de umidade em torno de 20%. Mas nesta proporção é mais difícil fermentar. Portanto, seu teor de umidade precisa ser aumentado em 2% para que a fermentação comece.

Em seguida, o fermento, o pólen e o mel presentes no ar se multiplicam. Ou seja, o açúcar do mel se transforma em álcool.

Basicamente, para uma fermentação completa que resulte no teor alcoólico desejado de 12%, é necessário reverter a relação mel-água.

Além disso, o fermento, como qualquer outro ser vivo, precisa de oxigênio. Assim, o fermento primeiro remove o ar que é dissolvido na mistura de mel e água. Então, quando a mistura fica sem oxigênio, ela começa a resistir à asfixia, privando as moléculas de açúcar de mais oxigênio. Em seguida, converte o açúcar em gás de carbono e álcool.

É por isso que a fabricação de hidromel pode ser chamada de anaeróbica. Ou seja, ele se desenvolve na ausência de oxigênio livre, que é consumido pela levedura.

Também é importante destacar que, devido ao seu baixo teor de proteínas, o mel não é capaz de fornecer todos os sais minerais que a fermentação necessária para seu desenvolvimento. Portanto, é necessário adicionar sucos de frutas ou sais minerais à mistura de mel e água.

Tendência do hidromel no Brasil

Foto: Pixabay

Alguns dizem que o sucesso do hidromel no Brasil é muito semelhante ao das cervejas artesanais. Porque, como elas, a bebida Viking começou a se expandir a partir da produção nacional. No entanto, como a cerveja artesanal, o hidromel não satisfaz todos os paladares.

Embora seja uma bebida mais exótica, está a caminho de seu pico. Tanto que o consumo de hidromel cresce a cada dia no Brasil e no mundo. Além disso, seus processos de produção estão se profissionalizando e melhorando com o auxílio da tecnologia.

Empresas que antes vendiam apenas cerveja, por exemplo, agora também vendem o famoso hidromel. Aliás, alguns já conseguiram vender e produzir mais de seis mil litros de bebidas por mês. É importante notar que o mercado de hidromel é mais difundido e popular nos Estados Unidos do que no Brasil.

Onde comprar hidromel?

Como mencionado anteriormente, apesar de sua popularidade aqui no Brasil, sua fabricação ainda não é tão difundida. Com isso, a venda em lojas físicas ainda é precária.

No entanto, a venda é em lojas online. Na verdade, as garrafas podem custar a partir de R$ 39 cada garrafa.

O hidromel pode ser encontrado em lojas on-line como amazon e magazine Luiza.

como fazer hidromel caseiro

Ingredientes:

  • Mel de boa qualidade
  • Água filtrada
  • Fermento para hidromel (red star ou outro de sua preferência)
  • Proveta e densimetro

Modo de preparo:

  1. Em um recipiente, adicione 2 litros de água filtrada, em seguida adicione o mel aos poucos mexendo com uma colher bem limpa para dissolver bem (caso o mel escolhido esteja com muitos cristais, basta derreter em banho maria e aguardar o mel esfriar).
  2. Coloque a mistura na proveta, em seguida mergulhe o densimetro na proveta para saber a densidade, o ideal é que o densimetro marque 1.090, equivalente a 12% de álcool.
  3. Em um recipiente, adicione 1 colher( sopa) de fermento. Adicione 100ml de água morna e deixe agir por 15 min, depois de passado os 15 min mexer bem auxílio de uma colher. Em seguida, adicione-o na mistura feita anteriormente.
  4. Adicione um pouco de gengibre, apenas para dar um sabor.
  5. Despeje em uma garrafa e coloque no bico da garrafa um air-lock, que é um dispositivo que permite que o ar da garrafa saia, mas não que o ar entre (na falta do air-lock, pode- utilizar uma bexiga, com um furo pequeno feito com uma agulha)
  6. Pronto, só deixar descansar por algumas horas e degustar um delicioso hidromel caseiro.

Harmonização hidromel

Em primeiro lugar, é importante notar que, como o vinho, a bebida Viking também tem diferentes tipos. Isso significa que você pode encontrar hidromel mais seco ou mais suavisado. Esse tipo de informação está no rótulo do frasco.

Além disso, o hidromel tem uma harmonização semelhante aos vinhos brancos. Por isso, fica melhor com carnes brancas, queijos brancos, vegetais, cogumelos e até embutidos como salame, presunto e bacon.

Basicamente, a temperatura ideal para servir o hidromel pode variar dependendo do tipo de bebida. No entanto, em geral, os fabricantes dizem que está entre 4 ° C e 10 ° C. 

De qualquer forma, você já bebeu essa bebida dos vikings? Você gostaria de experimentar? Conta pra nós deixando um comentário logo abaixo.

O post Hidromel: o que é e qual a origem da bebida? apareceu primeiro em Sorocaba em foco.

Por Sorocaba em foco

O Sorocaba em foco é um portal de noticias de cidade de Sorocaba e região. Acesse: https://sorocabaemfoco.com, e fique sabendo das ultimas noticias de Sorocaba e região.
No site, você encontra noticias sobre saúde, emprego, tecnologia e muito mais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s